quinta-feira, 30 de julho de 2009

Marie and Bruce

O espectador vai acompanhar a vida de um casal justamente no dia em que Marie (Julianne Moore, também produtora do filme) decide largar seu marido, Bruce (Mathew Broderick). Eles levam uma vida comum, mas estão desempregados e ficam sem dinheiro até mesmo para tomar um bom café da manhã. Com sarcasmo e ironia, Marie ataca Bruce, que se comporta de maneira esquisita, a tratando como “querida”, por mais estranho que possa parecer. Bruce, em um primeiro momento parece não se preocupar com o que ela pensa e se mostra alheio ao modo como ela o trata, pois acredita que exista amor. Dirigido e escrito por Tom Cairns em seu primeiro trabalho no cinema, o filme exalta as cores e as imagens reforçam o repúdio que sentem um pelo outro. Embora Julianne Moore seja uma excelente atriz, o longa não prende a atenção do espectador, que se dispersa com facilidade e pode se irritar com os diálogos sarcásticos durante o tempo todo.

Um comentário:

Tâmara disse...

Vi esse filme ontem...e achei os dialogos incrivelmente bons.
Bruce diz: Tristeza tambem me embrulha o estomago.

Ps: Ai que bom.!..vou te seguir no twitter!

obaaaaa